ERPI

A Estrutura Residencial para Idosos constitui-se como uma resposta social desenvolvida em equipamento destinado a alojamento coletivo, de utilização temporária ou permanente, para pessoas em situação de maior risco de perda de independência e/ou de autonomia. Destina-se a pessoas com mais de sessenta e cinco anos cuja situação/problema não lhes permita permanecer no seu meio habitual de vida, no entanto, pessoas com idade inferior a 65 anos em condições devidamente justificadas poderão usufruir desta resposta social.

A Estrutura Residencial do Centro Social de Belazaima entrou em funcionamento em Abril de 1999 com capacidade para 16 clientes. Actualmente a ERI tem capacidade para 20.

São objetivos principais desta resposta:

  • Acolher pessoas cuja situação social, familiar, económica e/ou de saúde, não permita resposta alternativa;
  • Promover qualidade de vida;
  • Proporcionar serviços permanentes e adequados à satisfação das necessidades dos residentes;
  • Contribuir para a estabilização ou retardamento do processo de envelhecimento;
  • Privilegiar a interacção com a família e com a comunidade, no sentido de optimizar os níveis de actividade, de participação social e fortalecer os laços familiares;
  • Promover estratégias de reforço da auto-estima, de valorização e de autonomia pessoal e social.

Serviços Prestados:

  • Alojamento;
  • Alimentação (seis refeições: reforço 7h, pequeno almoço, almoço, lanche, jantar e reforço da ceia);
  • Cuidados de higiene e conforto;
  • Cuidados médicos e de enfermagem;
  • Lavagem e tratamento de roupas;
  • Convívio, ocupação e atividades recreativas.

Critérios de Priorização

  • A inexistência de apoio familiar, designadamente quando motivado por desajustamento irreconciliável
  •   A vulnerabilidade económico – social, o grau de degradação das condições habitacionais e de isolamento;
  •   Grau de incapacidade/ dependência e/ou problemas de saúde do cliente;
  •  Indisponibilidade da família para prestar cuidados inadiáveis ao cliente;
  •   Frequência do cônjuge na Instituição;
  •   Ser residente na área geográfica da União de Freguesia de Belazaima do Chão, Castanheira do Vouga e Agadão;
  •   A utilização dos serviços de Apoio Domiciliário e de Centro de Dia da Instituição;
  •   Reformados ou inválidos com mais de 65 anos;
  •   Antiguidade na qualidade de sócio;
  •   Vontade manifesta do Idoso em ser admitido.

Atividades Socioculturais

Animação deriva da palavra latina “anima” que significa alma, sopro, vida. Animar é motivar, dar movimento ao que está parado…A animação é um estímulo permanente da vida mental, física e afetiva da pessoa idosa e tem como objetivo valorizar atividades, competências, saberes e cultura do idoso, aumentando a sua auto-estima, confiança e a desenvolver a sua autonomia pessoal.

Deste modo a Instituição:

  • Promove e cria mecanismos facilitadores de acesso a atividades culturais, recreativas, desportivas e de lazer, na tentativa de promoção de uma cultura de intergeracionalidade e Interinstitucionalidade, com ganhos evidentes ao nível da manutenção das capacidades físicas e cognitivas dos clientes.
  • Promove a interação e contacto entre os seniores e a população mais jovem no sentido da adaptação a novas vivências, construção de pontes para transmissão de saberes.

Atividades Semanais

  • Aula de Ginástica;
  • Atelier de Culinária;
  • Grupo de cantares espontâneo de Belazaima;
  • Oração do terço;
  • Atelier de Pintura;
  • Atelier de Costura;
  • Jogos do Helder.

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s